História de sucesso: Fundação Jacinto Convit

Caracas, Venezuela – Setembro de 2021

A Fundação Jacinto Convit (FJC) é uma instituição sem fins lucrativos criada na Venezuela em 2012 com o objetivo de prestar um serviço social por meio da ciência que promove valores e dá continuidade ao legado do médico venezuelano Dr. Jacinto Convit.

Com o objetivo de contribuir para o bem-estar e o desenvolvimento social das populações mais vulneráveis do país, realiza vários programas de pesquisa científica, assistência médica, projetos educacionais e serviços comunitários.

Para isso, conta com uma equipe multidisciplinar de profissionais das áreas de saúde, ciências básicas, sociais e humanísticas que trabalham em parceria com diversas instituições de saúde, centros de pesquisa, academia, organizações multilaterais, organizações sem fins lucrativos e instituições privadas, construindo redes de colaboração. A tecnologia desempenha um papel fundamental no desempenho de seu trabalho, pois é preciso ter ferramentas tecnológicas para garantir a integridade e a disponibilidade das informações, bem como uma comunicação fluida e ininterrupta.

Foi assim que a SupraBT se tornou um dos principais aliados dos serviços de tecnologia da informação da FJC, doando, em 2014 e como parte de seu programa de Responsabilidade Social Corporativa, os serviços de Help Desk e Consultoria de TI, que permitiram à Fundação atender a consultas, requisitos e incidentes de sua plataforma tecnológica utilizando as melhores práticas do setor.

Nas palavras de Mariely Contreras, líder de Recrutamento e Relações Institucionais da Fundação Jacinto Convit: “Temos crescido lado a lado com a SupraBT. Eles foram um dos nossos primeiros aliados, orientando-nos na adoção e no uso da tecnologia.

A Fundação

  • Unidade de Diagnóstico Molecular (UDM): fornece, por meio de um acordo com os hospitais públicos do país, um serviço de diagnóstico molecular gratuito e altamente especializado para doenças crônicas e infecciosas, incluindo neoplasias malignas (leucemias e alguns tumores sólidos) e HIV. Essa unidade trabalha com seus próprios protocolos baseados em técnicas moleculares e gera pesquisas científicas com base em achados raros nessas patologias.
  • Unidade de Imunoterapia Experimental (SIU): trabalha no desenvolvimento de novos tratamentos direcionados ao sistema imunológico para combater doenças infecciosas e crônicas, como o câncer. Atualmente, a empresa está desenvolvendo uma imunoterapia personalizada para câncer de mama chamada ConvitVax, que está em testes clínicos e demonstrou ser potencialmente eficaz e segura. Também contribui para o desenvolvimento da ciência em todo o mundo, publicando artigos de pesquisa em revistas científicas.
  • Biblioteca Digital Jacinto Convit: Uma plataforma virtual que compila a vida e a obra do Dr. Jacinto Convit, disponível em 108 idiomas, que é uma contribuição para a história universal e de livre acesso a toda a humanidade.
  • Valores através da Ciência: Por meio de palestras, conversas, fóruns de filmes, documentários e publicação de materiais educacionais, divulga os valores e legados do Dr. Jacinto Convit, inspirando diferentes gerações a realizar grandes sonhos no país.
  • Treinamento: Recebe estudantes de diferentes carreiras de diversas universidades do país, para o desenvolvimento de estágios, trabalhos de conclusão de curso e serviços comunitários, permitindo-lhes adquirir conhecimentos e habilidades em áreas como pesquisa científica, técnicas de biologia molecular, desenvolvimento de projetos, design e comunicação, redação e captação de recursos.

A Fundação é certificada pelos padrões de qualidade ISO 9001 2015 em seus programas científicos e educacionais, o que atesta a confiabilidade de seus processos.

O desafio

Com uma equipe de 15 profissionais altamente talentosos e comprometidos, a FJC se enquadra na categoria de PME. Como não contavam com pessoal interno especializado em tecnologia, decidiram contar com os serviços de tecnologia da informação oferecidos pela SupraBT para resolver tudo relacionado ao suporte de sua infraestrutura tecnológica; desde a instalação e atualização de software, manutenção de hardware, configuração e homogeneização de dispositivos de computador, até o atendimento de incidentes e assessoria em projetos de melhoria de TI.

O primeiro passo foi moldar a infraestrutura tecnológica da instituição. Como uma instituição sem fins lucrativos, todos os equipamentos são recebidos por meio de doações de diferentes organizações e, com o suporte e a consultoria de TI fornecidos pela SupraBT, eles conseguiram uniformizar sua infraestrutura, de modo que há compatibilidade entre os diferentes dispositivos e o trabalho em equipe é facilitado.

“Desde os departamentos administrativos até as áreas nevrálgicas, como as unidades científicas, cada área desempenha um papel fundamental dentro da Fundação e qualquer falha em uma delas interrompe todo o processo”, diz Mariely Contreras. “Portanto, era vital ter um suporte tecnológico rápido e oportuno para garantir que pudéssemos trabalhar sem problemas e sem interrupções”.

No caso da Unidade de Diagnóstico Molecular, Contreras explica que essa unidade está em contato permanente com os hospitais de todo o país com os quais têm um acordo: os hospitais coletam as amostras e as enviam para a Fundação, que é responsável por processá-las no laboratório e emitir um diagnóstico diferenciado, que os médicos podem ver por meio de um aplicativo desenvolvido por nossa equipe de estagiários. Dessa forma, é possível definir um tratamento específico para o paciente. Tudo isso precisa ser feito no menor tempo possível”, enfatiza ela, “portanto, os pesquisadores precisam ter os melhores equipamentos e a melhor tecnologia. É de vital importância dar atenção oportuna a qualquer problema que possa surgir, pois a saúde das pessoas que tratamos está em jogo.

Carlos Holguín, responsável por Serviços Gerais, menciona que o armazenamento de informações foi outra área crítica. “Os processos que tramitam na FJC correspondem a informações bastante sensíveis, confidenciais em muitos casos, por isso é de suma importância contar com um serviço de alto nível de confiabilidade como o SupraBT, que garante a segurança e o backup das informações em cada um dos processos que realizamos”, afirma.

A solução

Por meio do serviço de suporte técnico ou Help Desk de TI, a SupraBT atua como um departamento externo de TI para a Fundação Jacinto Convit, fornecendo acompanhamento e suporte em três níveis:

  1. Consultas (por exemplo, recomendações sobre doações de equipamentos)
  2. Requisitos (por exemplo, quando precisam instalar ou configurar equipamentos).
  3. Incidentes (eventos imprevistos e eventos que impedem que a plataforma se comporte conforme o esperado).

Os canais usados para solicitar suporte são e-mail ou telefone. Assim que a solicitação é recebida, a SupraBT gera um tíquete de serviço e dá seguimento com a designação de um engenheiro que, dependendo do caso, fornece suporte no local ou remoto dentro de 8 horas úteis e, na maioria dos casos, imediatamente.

Antes de receber uma doação, a SupraBT realiza um diagnóstico de cada equipamento para garantir que ele esteja em ótimas condições, pois geralmente são equipamentos desativados por outras empresas. Para prolongar sua vida útil, em muitos casos, alguns componentes de hardware precisam ser substituídos. Ele também limpa, formata e instala o sistema operacional e o software com as ferramentas de produtividade que são usadas em toda a organização. É criado um usuário para cada máquina, que é incorporado à plataforma tecnológica, permitindo que seja mantido um registro de cada uma das máquinas da fundação.

Resultados

“Com a SupraBT, realizamos importantes projetos de melhoria e o apoio deles nos permitiu resolver diferentes requisitos de maneira oportuna e eficiente, além de resolver imprevistos, evitando que nosso trabalho fosse interrompido”, diz Holguín.

O gerente de Serviços Gerais diz que o apoio da SupraBT foi muito importante, não apenas para aumentar a capacidade do equipamento tecnológico, mas também para estender sua vida útil. Ele lembra que, anteriormente, eles tinham equipamentos de péssima qualidade e era muito difícil para os usuários progredirem, pois as máquinas eram muito lentas: “O senhor não conseguia abrir mais de quatro aplicativos, porque eles travavam”, diz ele. “Agora temos equipamentos com processadores Core i5 de sexta geração, 4 GB de RAM, 500 discos rígidos e, em geral, equipamentos em muito bom estado, o que permite um gerenciamento mais eficiente. Sem dúvida, nosso desempenho melhorou”, diz ele. De acordo com Mariely Contreras, o que mais se destaca no serviço da SupraBT é a rapidez da resposta, além do fato de estar disponível 365 dias por ano. “A atenção deles sempre foi muito oportuna. Quando fazemos uma solicitação por e-mail, em 2 a 3 minutos eles avaliam o caso e em 10 a 15 minutos recebemos uma resposta.

“A tecnologia era um campo desconhecido para nós e é uma área que sempre apresenta um desafio: ou nos adaptamos e inovamos com ela, ou ficamos para trás. A consultoria da SupraBT nos deu acesso às melhores práticas do setor, o que nos permitiu fazer uso eficiente das diferentes ferramentas tecnológicas disponíveis para atingir os objetivos de nossa organização”, diz ele. Contreras.

Fonte: ITNEWSLAT

Projetos futuros

Atualmente, a Fundação está trabalhando com a SupraBT em um projeto para atualizar o banco de dados, instalar um novo servidor IBM e um switch Cisco, o que resultará em melhor desempenho para o benefício dos usuários.

O novo servidor de diretório ativo permitirá o gerenciamento de usuários em cada área: Serviços Gerais, Administração, Recrutamento, Programas Educacionais, Projetos, Recursos Humanos, Qualidade, UEI e UDM, o que deverá agilizar ainda mais os processos e melhorar a segurança da plataforma.

Além disso, está prevista a instalação dos sistemas de gerenciamento de equipamentos biométricos, câmeras de vigilância e central telefônica, que atualmente são gerenciados separadamente, no novo servidor, consolidando assim todos os sistemas de TI em uma única máquina física. Também está prevista a integração do monitoramento da linha de frio no laboratório, para verificar se as temperaturas estão sempre dentro das faixas especificadas pelos especialistas do laboratório, contando com a consultoria especializada da SupraBT.

Entre em contato conosco pelo

10 + 3 =

A SupraBT é uma empresa que fornece produtos e serviços tecnológicos de vanguarda, comprometida com os objetivos de seus clientes, projetando soluções que atendam às suas necessidades, seguindo metodologias certificadas, contando com a tecnologia mais avançada de seus parceiros e alcançando processos de negócios otimizados para atingir as expectativas desejadas.